Confissões de Adolescente nos cinemas (trailer)

Não é só aqui no Babalu que os anos 90 estão com tudo. Os clássicos da época estão voltando à roda, um atrás do outro. O mais recente é o Confissões de Adolescente. A série, que ocupou muitos dos nossos fins de tarde, vai ganhar uma versão no cinema. O assunto já vinha sendo comentado há algum tempo, mas agora ganhou até trailer. Parte do elenco original vai estar presente, o que garante uma boa dose de nostalgia – mesmo com a história adaptada para os anos 2000 e tantos.

Dá uma olhadinha no trailer e se prepara pra correr pro cinema!

Gabriel Ferreira

Anúncios

Xuxa e Sérgio Mallandro em:

Nada como iniciar o blog em 2010 relembrando o filme que tinha como o casal protagonista nada mais, nada menos do que a rainha dos baixinhos e o haaaa Sérgio Malandro.

Dúvido que tenha alguém que não saiba a letra “Lua de cristal que me faz sonhar, faz de mim estrela que eu já sei brilhar!!!” É, pois é, o filme Lua de Cristal fez um sucesso absurdo foi o filme de maior bilheteria da décade de 1990 no Brasil, cinco MILHÕES de espectadores, e eu fui um deles!!!

Para quem não lembra da história vai aí um resuminho:

Maria da Graça (Xuxa), é uma jovem que se muda para a cidade grande com a intenção de fazer aulas de canto. Lá, ela se hospeda na casa de sua tia Zuleika (Marilu Bueno) e seus primos Cidinha (Júlia Lemmertz) e Mauricinho (Avelar Love), que vivem atormentando sua vida, fazendo-a trabalhar incansavelmente.

 Porém, em meio a tantos problemas, Maria conhece a pequena Duda (Duda Little), sua vizinha, e o desajeitado Bob (Sérgio Mallandro), que se tornam seus amigos. Bob é a materialização do PRÍNCIPE de Maria em seus sonhos e este a ajudará a conseguir emprego em sua lanchonete e a transformará na estrela de um show.

A música tema do filme, “Lua de Cristal” gravada por Xuxa, e produzida por Michael Sullivan e Paulo Massadas alcançou o 1° lugar na parada oficial do Brasil, se tornando a 7ª música de Xuxa a atingir esta posição e entrou para o disco Xuxa 5 que vendeu 1.600.000 milhões de cópias.

Mariane Battistetti

10 anos de Clube da Luta

via @heloo

Clube da Luta

Em 1999 era lançado o longa em que Brad Pitt aparece mais violento e estrupiado (não achei palavra melhor) do que nunca! No filme Clube da Luta, o marido da Jolie monta um grupo secreto que se reúne periodicamente para lutar – como forma de extravasar as emoções e aliviar o stress. O ator Edward Norton interpreta Jack, que junto com o sinistro Tyler Durden (Pitt) funda o Clube da Luta.

A direção foi de David Fincher, com roteiro baseado no livro homônimo escrito por Chuck Palahniuk.

As 8 regras do clube:

  1. Não fale sobre o Clube da Luta.
  2. Nunca, jamais, fale sobre o Clube da Luta.
  3. Quando alguém gritar “para!” ou sinalizar, a luta acaba.
  4. Somente duas pessoas por luta.
  5. Uma luta de cada vez.
  6. Sem camisa, sem sapatos.
  7. As lutas duram o tempo que for necessário.
  8. Se for a sua primeira noite no Clube da Luta, você tem que lutar!

Daniella Cornachione

Beetlejuice, Beetlejuice, Beetlejuice!

Hoje tirei do armário uma blusa quase cheia de mofo: na estampa? Beetlejuice! O protagonista de Os Fantasmas se Divertem (tradução brasileira super sem graça), filme dirigido por Tim Burton (o mesmo de Noiva Cadáver) e lançado em 1988. Ok, ele é anterior aos anos 90, mas graças à Sessão da Tarde da TV Globo, o tal “besouro suco” marcou minha infância e de muitos noventistas  (sim, acabei de inventar, mas vocês entenderam).

Pra refrescar a memória, o enredo é assim: um casal que já morreu é “assombrado” por vivos que querem comprar a casa onde eles — mesmo depois de mortos — ainda moram. Os dois não querem ser incomodados e por isso tentam assustar os invasores, mas sem sucesso. Também pudera, as carinhas jovens de Geena Davis e Alec Baldwin não assustam nem criança. Em compensação, Michael Keaton com toda aquela maquiagem…

Bom, o casal decide chamar alguém que possa ajudá-los na empreitada. É quando aparece: Beetlejuice, Beetlejuice, Beetlejuice! A partir daí a confusão está armada, como diriam as sinopses mais originais. Para chamá-lo ao plano real, é preciso repetir seu nome três vezes, assim ele é deslocado do mundo dos mortos.

Uma da cenas mais engraçadas acontece quando no meio de um jantar, por intervenção dos fantasmas, os vivos começam a dançar Banana Boat. É demais! Assistam:

 

Minha passagem favorita é a final! Winona Ryder, interpretando uma adolescente rebelde que fica amiga do casal fantasma, pede a eles que a deixe (finalmente!) interpretar uma música enquanto levita. Entendam:

 

Corra até a locadora mais próxima! Sim, já foi lançado em DVD!

Daniella Cornachione