Mamonas Assassinas: quantcha alegria!

CD de estreia da banda - lançado pela EMI - vendeu 2,3 milhões de cópias

CD de estreia da banda - lançado pela EMI - vendeu 2,3 milhões de cópias

Um tempo atrás (10 anos ou mais), ganhei um passarinho de estimação do meu tio e o chamei de Dinho. Não foi só porque achava o nome legal, foi principalmente por causa do vocalista dos Mamonas Assassinas.  Os cinco rapazes de Guarulhos fizeram um baita sucesso com um rock debochado e muito divertido. As letras eram cheias de erros de português e falavam um monte de bobagens — bons tempos quando o politicamente correto ainda não imperava.

Antes de chamar a banda de Mamonas Assassinas e de produzir músicas próprias, os cinco integrantes, Dinho (vocal), Júlio (teclado), Samuel (contra-baixo), Bento (guitarra) e Sérgio (bateria), tocavam cover de rock e se apresentavam como Utopia.

Em 1995, já como Mamonas Assassinas, os caras insistiram com algumas gravadoras e receberam uma chance da EMI. O primeiro – e único – CD gravado em estúdio vendeu mais de 2 milhões de cópias.

Um dos jargões mais conhecidos resume bem a trajetória dos Mamonas: sucesso meteórico. Em dez meses os rapazes saíram da cena underground de Guarulhos para ter um dos cachês mais caros do país: 50 a 70 mil reais por show. Em 2 de março de 1996, voltando de uma apresentação em Brasília, o avião em que a banda estava se chocou contra a Serra da Cantareira.

Naquela época eu tinha só 8 anos. Eu me lembro de ter ficado superchateada com o acidente – eu era uma das crianças a quem os Mamonas tinham cativado. Hoje em dia, quando Robocop Gay toca em alguma balada (quase sempre toca nas da Cásper), todo mundo dança e se diverte, porque foi isso o que ficou da banda, a alegria e não a tragédia.

Documentário oficial ainda não tem previsão de chegar às telonas do país

Documentário oficial ainda não tem previsão de chegar às telonas do país

Documentário

Pra quem não acompanhou a trajetória da banda ou quer relembrá-la, um documentário promete emocionar: Mamonas, o Doc teve pré-estreia na semana passada, 4 de julho, na cidade de Guarulhos. Os conterrâneos dos meninos foram os primeiros a ter acesso ao material, que ainda não tem data prevista para chegar aos cinemas do resto do país.

Daniella Cornachione

2 Respostas

  1. haaaaa mináááá seus cabelos…

    adoOoOOro…!
    Eles realmente conseguiram deixar a marca da alegria…

  2. ETERNOS! ADORO MUITO!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: