Direto do Mundo da Lua…

Muita gente pode não gostar da TV Cultura atualmente, falar que é uma emissora muito monotona, ultrapassada etc. Concordo. Mas é inegável o papel que ela teve em nossas infâncias. Ao decorrer dos posts, COM CERTEZA, vamos citar diversos programas lançados por ela que marcaram nossa geração.

Desta vez, vou falar sobre o Mundo da Lua.

O seriado foi ao ar de 1991 a 1993, fazendo um sucesso enorme entre as crianças.

 Em uma família na qual conviviam o pai professor (Rogério), a mãe protetora (Carolina), a irmã mais velha (Juliana), a empregada que conversava com o locutor pelo rádio (Rosa) e o avô viúvo (Orlando), Lucas, um menino de 10 anos, tinha que lidar com os problemas e confusões que arranjava. Quando tudo dava errado, recorria ao gravador que ganhara de seu avô. Assim, era  transportado para o mundo da lua onde tudo dava certo.

Eu era telespectadora assídua. Adorava ficar na casa da minha avó assistindo enquanto comia o lanchinho da tarde que ela preparava para as netas.

Ao conectar seu gravador, Lucas começava com a inesquecível frase:

“Essa é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva, falando diretamente do mundo da Lua, onde tudo pode acontecer…”

Aí vai um episódio para relembrar um pouco.

diretamente do mundo da Lua, em plena segunda-feira cinzenta,  (rs)

Fernanda Abrão

5 Respostas

  1. Adoraaaaaava o mundo da lua!!! Super queria um gravador q me levasse para lá…

    Ludy

  2. eu lembro q qdo eu era pequeno ganhei um gravadorzinho (daqueles todo coloridos) e me sentia próprio Lucas…. eu [petta] A-MA-VA [/petta] esse seriado.

  3. TV Cultura era sensacional! Nem começa que eu me empolgo! “Mundo da Lua” era só mais uma pérola no meio de toda uma programação que construiu meu caráter e ainda tomo a liberdade de sugerir outros posts:

    Nas séries, não dá pra passar sem “Confissões de Adolecente” e “Anos incríveis”.

    “O Mundo de Beakman” e “O Professor”, porque alguém tinha que conseguir enfiar na cabeça da molecada um pouco de física, química e biologia, já que na escola ninguém tinha essa capacidade.

    “Ra-Tim-Bum” e “Glub-Glub”.. Esse último me fez perder noites de sono tentando imaginar como colocavam a cabeça dos apresentadores naquelas cabeças de peixe.. Chroma Key what?

    E os desenhos, é claro! “Tim Tim” (que fez todo mundo querer ser um repórter investigativo), “A Pedra dos Sonhos” (bem bixola), os personagens da “Terra do Faça o Que Eu Disse” (com o graaaande e brigueeeento EU DISSE NÃO!!), “Jimbo” (Jimboooooooooooo) e “Coby” (mascote das olimpíadas de Barcelona de 92 que, já naquela época, falava sobre aquecimento global) são os que mais me marcaram.

    Tabomparei..

  4. Putz, direeeeto do muuundo da luuua…
    adorei, fê!
    bjs
    Dani

  5. hauhaauhahu
    Diogoo…eu tb passava MUITO TEMPO pensando como aquelas cabeças viravam peixes haihauhauai
    juro!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: